Ruach

01-100.jpg

Este artigo é somente um esboço para um artigo maior.
Quer ajudar a Ocultura? Acrescente alguma informação!

Ruach pode ser traduzido como Mente, Espírito ou Intelecto; nenhuma das três traduções é satisfatória, a conotação variando com cada escritor. Ruach é um grupo estreitamente entretecido de Cinco Princípios Morais e Intelectuais, concentrados em volta de seu cór, Tiphareth, o Princípio da Harmonia, a Consciência Humana e Vontade, de que as outras quatro Sephiroth são (por assim dizer) as antenas. E estes cinco princípios culminam em um sexto, Daäth, conhecimento. Mas este não é realmente um princípio, contém em si memso o germe de auto - contradição, e assim de auto - destruição. É um falso princípio; pois, tão cedo, o Conhecimento é analisado, ele se decompõe no pó irracional do Abismo.

A aspiração do homem ao Conhecimento é, assim, simplesmente, um caminho falso; é tecer cordas de areia.

Nós não podemos entrar aqui na doutrina da "Queda de Adão", inventada paar explicar a parábola de como o Universo está assim, tão infelizmente constituído. Nós nos ocupamos aqui apenas com fatos observados, e não com teorias. Todas essas faculdades mentais e morais de Ruach, se bem que não são puramente espirituais com o Tríade Superna, estão ainda como se fosse, " no ar". Para serem úteis, elas necessitam uma base através da qual possam receber impressões, muito como uma máquina necessita de combustível e matéria prima antes de poder manufaturar o artigo que foi concebida para produzir.

Ver também

Fonte


   Esta página foi acessada 6 917 vezes.
O Ocultura utiliza o MediaWiki Valid XHTML 1.0 Transitional Valid CSS!