Real Arco

O Real Arco foi fundado nos Estados Unidos em 1797, em Boston - Massachussets, possui jurisdição sobre metade dos 7.000 Capítulos no mundo, incluindo várias as províncias de Alberta, Manitoba, e Saskatchewan no Canadá, os Grandes Capítulos do México, Filipinas, Alemanha, Itália, Grécia e muitos capítulos na América do Sul. Na exaltação ao Real Arco, o maçom se torna membro do maior e mais antigo rito da maçonaria.


Tabela de conteúdo

Graus do Real Arco

Os Graus do Arco Real foram considerados os mais importantes nos anos iniciais da Maçonaria e tão dogmática era a Grande Loja Mãe - de qual toda maçonaria especulativa deriva - que em 1813, quando as duas grandes lojas na Inglaterra se uniram, um firme e solene landmark foi adotado e colocado no "Act of Union" para guiar os maçons por todo o mundo e para sempre nesse assunto:

"A Pura Maçonaria Antiga consiste apenas de três graus, a saber: o Aprendiz, Companheiro e Mestre, incluindo a Suprema Ordem do Sagrado Real Arco."


O Capítulo do Real Arco é formado por quatro graus.


Mestre de Marca

Acredita-se que o Grau de Mestre de Marca tenha se originado como uma cerimônia de registro da marca de um artesão, naqueles tempos, distinguido pelos maçons de ofício operativo e sua construção do templo. Mais tarde foi desenvolvido em um grau cheio de simbolismo pela fraternidade Maçônica, tal como o conhecemos hoje. Alguns estudantes dizem que é o grau mais antigo e pode ter precedido todos os outros em de muitos anos. É considerado pelos estudantes e ritualistas como um dos mais belos graus em toda a Maçonaria, ensinando lições que provam seu valor em todas as caminhadas da vida. Algumas Grandes Lojas no mundo colocam o Grau de Mestre de Marca em tão alta eminência, que às vezes o deixam à jurisdição de um grande corpo à parte, uma Grande Loja de Mestres Marcas.

Past Master

Este grau veio à existência porque originalmente o grau do Arco Real era conferido pelas Lojas Simbólicas (Azuis) somente aos Past Masters de fato. Este grau foi instituído para tornar possível a todos os dignos Irmãos de receberem o Grau de Arco Real. O primeiro registro de sua conferição foi em 1768 na Inglaterra.

Mui Excelente Mestre

O Mui Excelente Mestre é um produto da inovação americana. Foi conferido no Capítulo do Arco Real, já em 1783 em Middletown, Connectcut. É sem dúvida o mais espetacular dos graus em toda a Maçonaria. É o único grau que toma violentamente nossa atenção à conclusão e a dedicação do Templo do Rei Salomão. A mesma idéia na qual todo simbolismo maçônico está baseado.

Real Arco

O Grau de Arco Real é o clímax de Antiga Arte da Maçonaria e do Simbolismo Maçônico. É descrito como "a raiz e essência da Maçonaria." É o relato completo da História Judaica durante algumas de suas mais obscuras horas. Onde Jerusalém e o Sagrado Templo são destruídos e o povo de Israel é tomado como escravo na Babilônia. Aqui você se juntará com alguns dos cativos, conforme são postos em liberdade, para voltarem para casa e se engajarem no nobre e glorioso trabalho de reconstrução da cidade e do Templo de Deus. É durante esta reconstrução que eles fazem uma descoberta que vem a iluminar o maior tesouro de um Maçom - a antiga Palavra Perdida.

Muitos historiadores localizaram as origens mais remotas do Grau de Arco Real na Irlanda, no século 17 e na Inglaterra em 1738. Em 1752, autorizações ambulatórias ou militares para lojas foram introduzidas. Isto era instrumental para colocar o Grau do Real Arco no mesmo nível do Grau de Mestre Maçom.

Real Arco no Brasil

Em 1º de janeiro de 2001, depois das festas natalinas, Companheiros oriundos dos Capítulos: JOSÉ GUIMARÃES GONÇALVES, THOMAS SMITH WEBB e KEYSTONE, fundaram no Rio de Janeiro o Supremo Grande Capítulo de Maçons do Real Arco do Brasil, com registros no Cartório de Pessoas Jurídicas e no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas. Cinco meses após o envio da petição ao Estados Unidos, recebeu no dia 24 de maio deste mesmo ano, recebeu sua Carta Constitutiva do General Grand Chapter of Royal Arch Masons International, onde se mantém Filiado, Regularizado e Reconhecido.

O Capítulo José Guimarães Gonçalves de Maçons do Real Arco foi instalado pelo Capítulo Jerusalém em 8 de maio de 1993. Recebeu sua Carta Constitutiva Nº 1, em outubro de 1997, diretamente do General Grand Chapter of Royal Arch Masons International. Dele surgiram dois Capítulos, Thomas Smith Webb Nº 2, no Rio Grande do Sul, em 1997, e Keystone Nº 3, no Estado do Rio de Janeiro, em 2000.

Sendo o Real Arco americano algo inteiramente novo no Brasil, tudo teve que ser feito a partir do zero. Na parte ritualística, foi preciso importar jóias, confeccionar aventais e alfaias, traduzir e adaptar rituais e instruções, além de preparar todo o material necessário às realizações das cerimônias.

A parte administrativa foi organizada dentro da cultura maçônica brasileira, além de formulários, diplomas, certificados e etc., organizou-se um calendário anual para os eventos litúrgicos e sociais. O Supremo Grande Capítulo obriga-se a enviar sua captação anual ao General Grand Chapter, o que mantém a prova de sua regularidade, assim como as de seus Capítulos.

Quem pode entrar?

Mestres Maçons oriundos das Obediências Simbólicas Regulares brasileiras praticantes de qualquer rito, poderão solicitar sua admissão a um dos Capítulos do Real Arco, na versão americana, depois de aprovado pela Comissão de Sindicância do Capítulo de sua escolha.

Isto é estatutário, plenamente aceito pelo General Grand Chapter, devido às condições peculiares da Maçonaria Brasileira. O fato de conservarmos, vivos e ativos, pelo menos seis Ritos tradicionais, nos deixa em situação quase única no mundo, constituindo-se em excelente oportunidade de estudo comparativo e aprendizado mais amplo. Isso nos leva a manter excelentes relações com Corpos dos Altos Graus de outros Ritos.

Você pode ser convidado, indicado ou solicitar sua admissão, todas essas formas são igualmente honrosas.

É obrigatório e indispensável que o Irmão seja um mestre maçom e esteja regular em sua Obediência Simbólica.

Maçons pertencentes a Grande Loja de Marca e a Capítulos de Maçons do Real Arco oriundos do Arco Real Inglês, poderão frequentar as sessões de Mestre de Marca e Maçom do Real Arco do Supremo Grande Capítulo de Maçons do Real do Brasil.


Leia também


Referência


   Esta página foi acessada 21 645 vezes.
O Ocultura utiliza o MediaWiki Valid XHTML 1.0 Transitional Valid CSS!