Psicologia

Logotipo internacional da psicologia.

Considera-se como fundador da psicologia Wilhelm Wundt, por ter criado, em 1879, o primeiro laboratório de psicologia na universidade de Leipzig, Alemanha. De fato, a psicologia só se torna uma ciência independente graças a Wundt, nos finais do século XIX. Será a partir deste acontecimento, que se vão desenvolver de forma sistemática, as investigações em psicologia, através de vários vultos desta ciência que a ela se dedicaram, construindo múltiplas escolas e teorias.

A psicologia é uma ciência que se propõe ao estudo do comportamento humano e dos processos psíquicos. Para isso, ela estuda as vias de sua evolução, os mecanismos que lhe servem de base e descreve as mudanças que ocorrem nessa atividade nos estados patológicos.

O objecto da psicologia é o estudo científico do comportamento e dos processos mentais e da relação entre os dois. Assim, a psicologia estuda o comportamento, isto é, todos os actos e reacções observáveis, tudo o que fazemos como andar, sorrir, correr, etc. Estuda também sentimentos, emoções, atitudes, pensamentos, representações mentais, fantasias, percepções, isto é, os processos mentais que não podem ser observados directamente.

Cabe à psicologia estudar questões ligadas à personalidade, à aprendizagem, à motivação, à memória, à inteligência, ao funcionamento do sistema nervoso, e também à comunicação interpessoal, ao desenvolvimento, ao comportamento sexual, à agressividade, ao comportamento em grupo, aos processos psicoterapêuticos, ao sono e ao sonho, ao prazer e à dor...

Existem inúmeras linhas teóricas na psicologia, o que nos obriga a não falar em uma psicologia, mas em várias teorias da psicologia. Entre as linhas mais conhecidas estão o Behaviorismo, a Teoria Sistémica, a Psicanálise, o Construtivismo, o Sócio-Interacionismo, a gestalt-terapia, a psicologia da consciência, a Abordagem Centrada na Pessoa, o Maturacionismo.

A psicologia divide-se em várias ramificações:

Psicólogos de relevância histórica

Tipos de psicologia

Links externos


   Esta página foi acessada 39 978 vezes.
O Ocultura utiliza o MediaWiki Valid XHTML 1.0 Transitional Valid CSS!