Usuário Discussão:Frater AEL

De Ocultura
Revisão de 20h43min de 3 de novembro de 2007 por Frater AEL (discussão | contribs)
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Postulado aos Probacionistas.

TEOREMAS

I. O mundo avança conforme o aparecimento de Cristos (Avatares) II. Cristos (Avatares) são homens com super consciência da mais alta natureza. III. Super consciência da mais alta natureza é obtida por métodos conhecidos.

ESSÊNCIA DO MÉTODO

I. Teologia é indiferente. Tanto Buda quanto Santo Inácio foram Cristos. II. Moralidade é indiferente. Tanto Sócrates quanto Maomé foram Cristos. III. Super consciência é um fenômeno natural; Suas condições são, portanto, para serem desvendadas nos atos e palavras de quem já a atingiu.

Os atos essenciais são relaxamento e concentração – ensinados pela Yoga e Magia.

ERROS DOS MÍSTICOS

I. A verdade é supra racional – isto é incompreensível na linguagem racional. II. Daí os místicos terem escrito um disparato, e o que eles escreveram está distante da verdade. III. Assim como um lago reflete o sol melhor que uma torrente, aquele cuja mente é equilibrada será um melhor místico caso se torne um.

O Método do EQUILIBRIUM

I. AS PAIXÕES, ETC.

I. Até a última verdade da teologia é desconhecida, toda moralidade é arbitrária. II. Assim o aluno não tem preocupação com a ética da maneira que é conhecida. III. Ele é, portanto, livre para fazer o seu dever, em qualquer estilo de vida que Deus tenha achado satisfatório para chamá-lo.

II. A RAZÃO

I. Sendo a verdade supra racional, qualquer declaração racional é falsa. II. Deixe o estudante, então, contradizer cada proposição que se apresenta a ele. III. Assim sendo as idéias racionais expulsas da mente, há espaço para apreensão da verdade espiritual.

Deve-se notar que isto não destrói a validade dos raciocínios em seu próprio plano.

III. O SENSORIUM ESPIRITUAL

I. O homem é um ser finito incapaz de apreender o infinito. Nem sua comunhão com o princípio infinito (verdadeira ou falsa), altera este fato. II. Deixe o estudante contradizer qualquer visão e recusar-se apreciá-la; primeiro, por haver certamente outra possível visão acerca da natureza contraditória; segundo por que ainda que sendo Deus, ele é também um homem em um insignificante planeta. III. Sendo assim, equilibrado vertical e horizontalmente, é possível que, quer pela afirmação ou negação de todas essas coisas em conjunto, ele possa atingir o supremo resultado.

IV. O RESULTADO

I. Transe é definido como imobilidade de determinada porção do cérebro causada pela meditação sobre uma idéia correspondente a esta porção. II. Permita que o aluno tenha cuidado para que esta idéia não possua nenhum traço de imperfeição. Ela deve ser pura, equilibrada, calma, completa e munida de modo a dominar a mente, como o será. Assim como a escolha de um rei a ser coroado. III. Então, os decretos do rei serão justos e sensatos, assim como ele era justo e sensato antes de tornar-se rei. A vida e obra do místico, irá refletir (embora sutilmente) a suprema força orientadora do místico, o mais alto transe que tenha atingido.

YOGA E MAGICK

I. Yoga é a arte de unir a mente a uma única idéia. Existem quatro métodos:

Gnana Yoga – União pelo Conhecimento Raja Yoga – União pela Vontade Bhakta Yoga – União pelo Amor Hatha Yoga – União pela Coragem

Além de:

Mantra Yoga – União pela Fala Karma Yoga – União pelo Trabalho

II. Magia Cerimonial é a arte de unir a mente a uma única idéia. Existem quatro métodos:

A Cabala Sagrada – União pelo Conhecimento A Sagrada Magia – União pela Vontade O Ato de Culto – União pelo Amor Os ordálios – União pela Coragem

Além de :

As Invocações – União pela Fala Os Atos de Serviço – União pelo Trabalho

Estes são unidos pelo método supremo do Silêncio.

III. Se esta idéia for qualquer que seja, mas a Suprema e Perfeita idéia, e o estudante perder o controle, o resultado é a insanidade, obsessão, fanatismo ou paralisia e morte ( adicionada ao falatório e a incurável ociosidade), de acordo com a natureza da falha.

Deixe o estudante compreender todas estas coisas e combiná-los em sua Arte, unindo-os pelo supremo método do Silêncio.

– Aleister Crowley –