Nuit

De Ocultura
Revisão de 11h19min de 31 de outubro de 2006 por Fraterlib (discussão | contribs) (History)
Ir para navegação Ir para pesquisar


Egyptiangods.jpg
A Enéade


Shu
Tefnut
Nut
Geb

Néftis
Osíris
Ísis
Set

A Ogdóade

Nu/Naunet
Amoun/Amaunet

Kuk/Kauket
Huh/Hauhet

Outros Deuses Egípcios

Anúbis
Anuket
Apófis
Apep
Ápis
Aten
Bast
Bés
Hadit
Hapi
Hathor
Hórus
Harpócrates
Khepri

Khonsu
Khnum
Maat
Mentu
Neith
Nuit
Ptah
Sebek
Sekhmet
Seshet
Tahuti
Tawaret
Tum

Partialcrowley.jpg Esse artigo no momento está incompleto.
Você pode ajudar o Ocultura
complementando-o.

História

Na mitologia egípcia, Nuit era a deusa dos céus, ao contrário de muitas outras mitologias, onde o Pai dos Céus é quase sempre uma figura masculina. Nuit é a filha de Shu e Tefnut. Ela era uma do Grupo dos nove. Rá, o deus do sol entrou em sua boca após o pôr-do-sol no anoitecer e renasceu de sua vulva na manhã seguinte. Ela também engoliu e renasceu as estrelas. Ela era a deusa da morte, e sua imagem está no lado de dentro da maioria dos sarcófagos. O faraó entrava no corpo dela após a morte e posteriormente era ressuscitado. Na arte, Nuit é representada como uma mulher sem roupas, cobertas com as estrelas e sustentada por Shu; o oposto a ela (o céu), é o seu marido, Seb (a Terra). Com Seb, ela foi a mãe de Osíris, Hórus, Ísis, Set, and Néftis. Alternativas: Nu, Nut

Nuit & Thelema

Nuit is the main speaker in the first chapter of the Book of the Law and the feminine compliment to the deity Hadit. Nuit is the infinitely vast circle whose circumference is unmeasurable and whose center is everywhere. Hadit is the infinitely small point within the core of every single thing. The union of the two is yet another glyph of the Great Work.

References

  • Wikipedia (2004). Nuit. Retrieved Oct. 19, 2004.