Hermes

De Ocultura
Revisão de 00h41min de 20 de janeiro de 2007 por Dyulax (discussão | contribs)
Ir para navegação Ir para pesquisar
01-100.jpg

Este artigo é somente um esboço para um artigo maior.
Quer ajudar a Ocultura? Acrescente alguma informação!

Hermes mercurius trismegistus siena cathedral.jpg

Hermes Trismegistus é a expressão em latim para "Hermes o Três-Vezes-Grande" derivado do grego Ερμης ο Τρισμεγιστος. Ele foi um personagem histórico ou mítico do antigo Egito. Em seu aspecto mítico ele foi uma deidade sincrética que combinava aspectos do deus grego Hermes e do deus egípcio Thoth.

Hermes foi considerado pelos egípcios o Mensageiro dos Deuses, por ter transmitido os seus ensinamentos a este grande povo da antigüidade e ter implantado a tradição sagrada, os rituais sagrados, e os ensinamentos das artes e ciências em suas escolas da sabedoria.

Thoth, por seu lado, simbolizava a lógica organizada do universo, estando relacionado aos ciclos lunares a qual em suas fases expressa a harmonia do universo. Também era considerado como deus do verbo e da sabedoria e foi naturalmente identificado com Hermes.

A Hermes Trismegistus foi atribuída a escrita de 42 livros sobre medicina, a astronomia, a astrologia, a botânica, a agricultura, a geologia, as matemáticas, a música, a arquitetura, a ciência política. Entre eles se encontra "O Livro dos Mortos" que é também chamado de "O Livro da Saída da Luz", a coleção literárica conhecida como Corpus Hermeticum, e é-lhe também atribuído o mais famoso texto alquímico, a "[Tábua de Esmeralda]]".

Ver também