Geomancia

De Ocultura
Revisão de 13h00min de 9 de outubro de 2006 por PedroPietro (discussão | contribs)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Como o próprio nome já demonstra, Geomancia é a a ciência das areias.

A origem de geomancia remonta a origem dos tempos onde o homem observava a estrelas em busca de respostas. Historicamente o oráculo foi desenvolvido pelo árabes e africanos. Na África são usados búzios e obis, enquanto os paíes árabes se utilizam da própria areia para obter a intuição da resposta.

Vejamos as definições do livro Geomancia Moderna de J. R. R. Abraão:

A Geomancia, atualmente, pode ser definida de diversas formas:

a) Segundo Panisha, podemos definí-la como a Arte Divinatória em que a resposta a uma pergunta formulada vem através do subconsciente segundo regras especiais;
b) Segundo Don Néroman, a Geomancia seria a Arte Divinatória na qual uma pergunta formulada torna-se uma interrogação feita pelo subconsciente aos Planetas Astrológicos, vindo a resposta através do inconsciente, além de ser a única forma válida de Astrologia Horária, episódica;
c) Segundo importantes autores do ocultismo ocidental, entre eles Aleister Crowley, Israel Regardie, Melita Denning, Osborne Phillips e diversos outros, a Geomancia é a Arte Divinatória na qual uma pergunta formulada interroga Inteligências Geomânticas (em algumas correntes, submissas a Planetas Astrológicos), que respondem à mesma através do nosso subconsciente;
d) Segundo praticantes modernos, menos ligados a organizações e dogmas, a Geomancia é a Arte Divinatória na qual uma pergunta formulada interroga Elementais da Terra (Gnomos), que respondem à mesma por intermédio de nosso subconsciente;
e) Segundo os praticantes de Cultos Afro, a Geomancia, tratada como “Culto de Ifá” e “Fundamentos de Ifá”, uma pergunta formulada torna-se uma interrogação às Entidades ligadas à prática realizada, que então utiliza-se de nosso subconsciente para respondê-la;
f) De acordo com nossas pesquisas e experiências, a Geomancia é a Arte Divinatória que, fazendo uso de uma estrutura egregórica pré-estabelecida, aonde encontram-se todos os parâmetros fixos e variáveis utilizadas em sua prática, uma vez formulada uma pergunta por alguém que conheça, compreenda e aceite sua estrutura e ditames, a mesma torna-se uma interrogação a Inteligências não-humanas, ligadas a energias Planetárias e Elementais, que enviam a resposta ao subconsciente do Geomancista, que só então obterá a resposta decifrada por um método mântico submetido à “lei das sincronicidades” (ver obras de Carl Gustav Jung), mas verificável racional e sequencialmente.

Além disso, podemos dizer que a Geomancia é a Arte Divinatória que consiste em formar as assim chamadas Figuras Geomânticas e de as situar nas 12 Casas Geomânticas, semelhantes às 12 Casas Astrológicas. Como há 15 Figuras para 12 Casas, as 3 Figuras restantes formam o chamado Tribunal Geomântico, composto de 2 Testemunhas e de 1 juiz.

Segue a tabela com a Peças ou Figuras Geomânticas

Figura Nome em Latim Nome em Português Significado
Arquivo:Popullus.jpg Popullus O Povo Banalidade, pessoas, fofoca, influência de pessoas externas, ...
Arquivo:Via.jpg Via O Caminho Destino, indecisão, situação sem escolhas, ...
Arquivo:CaputDraconis.jpg Caput Draconis A Cabeça do Dragão A Boa Orientação, bom conselho, bons contatos, boa dica, ...
Arquivo:CaudaDraconis.jpg Cauda Draconis A Cauda do Dragão A Má Orientação, mau conselho, más companhias, engano, ...
Arquivo:Laetitia.jpg Laetitia A Alegria A Satisfação, coisas boas, alegria, ...
Arquivo:Tristitia.jpg Tristitia A Tristeza A Insatisfação, coisas ruins, tristeza, ...