Elementos

De Ocultura
Revisão de 18h52min de 16 de janeiro de 2008 por Matheus V27 (discussão | contribs) (A Astrologia e os Elementos Clássicos)
Ir para navegação Ir para pesquisar
Merriam Websters Dictionary.jpg Este artigo encontra-se parcialmente em língua estrangeira.
Ajude e colabore com a tradução.
Unicursalsmall.gif
Esse artigo precisa de mais informação dentro do contexto de Thelema (i.e. Aleister Crowley, eventos históricos, organização, texto ou aspectos culturais de Thelema). Você pode ajudá-lo expandindo-o.

Existem várias idéias antigas sobre os Elementos Clássicos. A versão Grega dessas idéias persistiu por toda Idade Média e por todo Renascimento, influenciando o pensamento e a cultura Européia profundamente.

Os cinco elementos clássicos da Alquimia são Espírito (ou Éter), Ar, Fogo, Água e Terra, cada qual com suas propriedades.

Elementos clássicos na Grécia

Os elementos clássicos representam na filosofia, ciência e medicina Grega as possíveis constituições do cosmo..

Platão menciona-os como sendo de origem Pré-Socráticos, um lista criada pelo antigo filosofo Empédocles.

  • Fogo é quente e seco.
  • Terra é fria e seca.
  • Ar é quente e úmido.
  • Água é fria e úmida.

Um diagrama com dois quadrados sobrepostos, tem em cada ponta um dos elementos, num quadrado, e no outros, suas propriedades. Essa propriedades são descritas como variações da umidade e da temperatura, que produzem um Ar quente e úmido, um Fogo quente e seco, uma Água fria e úmida e uma Terra fria e seca.

De acordo com Galen, esses elementos foram usados por Hipócrates na descrição do corpo humano com associação aos quatros humores: Sangue (Fogo), Bílis Amarela (Ar), Fleuma (Água) e Bílis Negra (Terra).

Algumas cosmologias incluem um quinto elemento, a "quintessência" ou espírito. Esses cinco elementos são algumas vezes associados com os cinco sólidos platônicos: o tetraedro, o cubo, o octaedro, o dodecaedro e o icosaedro.

Os Pitagórícos colocaram a idéia como o quinto elemento e também a letra inicial dos cinco elementos para nomear os ângulos externos do pentagrama.

Alguns associam esses elementos aos quatro estados físicos da matéria: sólido (Terra), líquido (Água), gás (Ar) e plasma Fogo.

Aristóteles adicionou éter como a quintessência, raciocinando que enquanto o Fogo, Terra, Ar, e Água eram materiais e corruptíveis, as estrelas eram eternas ("aether" é baseado no grego para eternidade) e não eram feitas de nenhum destes elementos mas sim de substância especialmente divina.

Elementos clássicos no Hinduísmo

Os elementos clássicos no Hinduísmo são: Bhoomi (Terra), Jala (Água), Agni (Fogo), Vayu (Ar) e Akasa (Espaço). Também são conhecidos como Panchabhootha (os cinco elementos).

Os Elementos durante a Idade Média

A idéia dos elementos clássicos era conhecida durante a Idade Média, e, como o dogma de Aristóteles, compusera uma grande parte da visão mundial na Idade Média. A Igreja Católica e Apostólica Romana apoiou o conceito do aether de Aristóteles porque suportava a visão cristã da vida terrestre como impermanente e o céu como eterno. São numerosas as referências aos elementos clássicos na literatura medieval e podem ser vistos na obra de "muitos" escritores, incluindo Shakespeare:

Thou hast as chiding a nativity
As fire, air, water, earth, and heaven can make,
To herald thee from the womb
-PERICLES, from Pericles Prince of Tyre
The cock, that is the trumpet to the morn,
Doth with his lofty and shrill-sounding throat
Awake the god of day; and, at his warning,
Whether in sea or fire, in earth or air,
The extravagant and erring spirit hies
To his confine
-HORATIO, from Hamlet, Prince of Denmark

A Astrologia e os Elementos Clássicos

A Astrologia tem usado o conceito dos Elementos Clássicos desde a antigüidade até os dias atuais. Astrólogos mais modernos usam os quatro elementos clássicos extensamente, e indicam-nos como um ponto essencial na interpretação da carta natal. As correspondências para os doze signos do Zodíaco são as que seguem:

Os postos elementais para os doze signos astrológicos do zodíaco (de acordo com Marcus Manilius) são como segue:

Na Astrologia tropical do ocidente, sempre existiram 12 signos astrológicos; deste modo, cada elemento é associado a 3 signos do Zodíaco os quais estão sempre localizados a 120 graus de cada outro ao longo da eclíptica e são ditos ser tríades uns com os outros.

Começando com Áries o primeiro signo que é um signo do Fogo, o próximo na linha, Tauros é Terra, então para Gêmeos que é Ar, e finalmente para Câncer que é Água -- Na astrologia ocidental a seqüência é sempre Fogo, Terra, Ar, Água nessa ordem exata. This cycle continues on twice more and ends with the twelth and final astrological sign, Pisces. The following list should allow one to visualize this cycle better:

  • 1 -- Áries - (Cardinal Fogo): assertively, impulsively, selfishly.
  • 2 -- Touro - (Fixo Terra): resourcefully, thoroughly, indulgently.
  • 3 -- Gêmeos - (Mutável Ar): logically, inquisitively, superficially.
  • 4 -- Câncer - (Cardinal Água): tenaciously, sensitively, clingingly.
  • 5 -- Leão - (Fixo Fogo): generously, proudly, theatrically.
  • 6 -- Virgem - (Mutável Terra): practically, efficiently, critically.
  • 7 -- Libra - (Cardinal Ar): co-operatively, fairly, lazily.
  • 8 -- Escorpião - (Fixo Água): passionately, sensitively, anxiously.
  • 9 -- Sagitário - (Mutável Fogo): freely, straightforwardly, carelessly.
  • 10 -- Capricórnio - (Cardinal Terra): prudently, cautiously, suspiciously.
  • 11 -- Aquário - (Fixo Ar): democratically, unconventionally, detachedly.
  • 12 -- Peixes - (Mutável Água): imaginatively, sensitively, distractedly.

Elementos clássicos Chineses

No taoísmo existe um sistema similar, que inclui Metal e Madeira mas exclui o Ar. Diferentes coisas na natureza são associadas com estes cinco tipos de elementos. Por exemplo, os cinco principais planetas foram nomeados após os elementos: Vênus é Metal, Júpiter é Madeira, Mercúrio é Água, Marte é Fogo e Saturno é Terra. A Lua também representa Yin, o Sol representa Yang. Yin e Yang e os cinco elementos são temas recorrentes no I Ching, que é fortemente relacionado com a Cosmologia e Astrologia Chinesa.

Ver também

Referências

Ligações Externas