Austin Osman Spare

De Ocultura
Revisão de 18h40min de 24 de abril de 2007 por Dyulax (discussão | contribs)
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar
Spare em 1952

Austin Osman Spare (1886-1956) é considerado um gênio das artes, tanto mágicas quanto da pintura.

Nascido no dia 30 de dezembro de 1886 em Snowhill, Londres, Spare veio a falecer em 15 de Maio de 1956, num hospital em Londres aos 67 anos de idade.

Impressionou muitos ao ingressar aos Dezesseis anos de idade, no Colégio Real de Arte em Kensington, demonstrando mesmo com sua pouca idade um enorme talento.

Envolveu-se em sua adolescência com uma mulher a quem se referia como "Mrs. Paterson" que clamava ser uma bruxa descendente das bruxas de Salem, esta mulher assumiu uma grande posição na vida de Spare, que se referia a ela como "Witch Mother" (Mãe Bruxa).

A Senhora Paterson era considerada pela sociedade Vitoriana como sendo uma bruxa, essa senhora não apenas ensinou Spare a visualizar e evocar espíritos e elementais, como também o iniciou na via sabática, no qual durante um encontro, recebeu seu nome "Zos".

No ano de 1908, após uma exibição na galeria Bruton em Londres, atraiu a atenção do Mago Aleister Crowley que prontamente o convidou para ilustrar as edições de sua revista "Equinox", sendo então, guiado por Crowley para Astrum Argentum, uma sociedade mágica conhecida como "A Estrela de Prata".

Porém Spare era dotado de um gênio indomável, e logo voltou-se a seu próprio sistema mágico e à conclusão de seu mais conhecido livro "O Livro do Prazer".

250px Spare em 1904

Quando em 1916, Spare ingressou no exército como um artista oficial, não imaginava-se que sofreria um acidente, que paralizaria todo seu lado direito do corpo. Muitos sequer acreditavam que ele voltasse a desenhar ou pintar novamente, mas seis meses após isso, estava novamente desenhando e pintando habilmente. Fato esse que por muitos era atribuido a Spare e seu contato com elementais e espíritos.

Em 1948 encontra-se com Kenneth Grant, inicia então seu grimório definitivo cohecido como "Zos Kia Cultus", não finalizando por sua morte em 1956




Por muitos é considerado o Avô da Chaos Magick, uma vez que suas idéias e técnicas foram uma das maiores influências para a criação desse sistema/paradigma moderno de magia.


Outros Links