Anticristo

De Ocultura
Revisão de 14h17min de 12 de julho de 2008 por LvxSinistrae (discussão | contribs) (Nova página: O Anticristo é uma filosofia religiosa de negação do cristianismo, de seus fundamentos religiosos, filosóficos, políticos e institucionais. Um anti-cristão fora o filósofo e ate...)
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar

O Anticristo é uma filosofia religiosa de negação do cristianismo, de seus fundamentos religiosos, filosóficos, políticos e institucionais. Um anti-cristão fora o filósofo e ateu Friedrich Wilhelm Nietzsche ao formular sua obra-prima "O Anticristo", afirmando que os "espíritos livres" como denominava os seguidores de sua filosofia, deviam ajudar a degenerar os espíritos fracos representado pelo cristianismo, onde teceu críticas contrárias e de negação da religião cristã. Também Josef Goebbels, o ministro da informação e da propaganda do III Reich (Nacional-Socialismo), afirmara que Adolf Hitler era anti-cristão, conhecidamente na filosofia de que Adolf Hitler ao formular sua teoria política do Nacional-Socialismo, receberá influências do "O Anticristo" do filósofo Nietzsche. Também no caso do Satanismo de LaVey, recebera influências do "O Anticristo" de Friedrich Wilhelm Nietzsche, dentro do cristianismo haveria um Anticristo que atuaria no Apocalipse, uma história profética dos fins dos tempos.