Abulafia

De Ocultura
Revisão de 18h17min de 24 de abril de 2007 por Dyulax (discussão | contribs)
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Rav Avraham Ben Samuel Abuláfia nasceu em Saragoça, Espanha, em 1240. Seu pai que o orientou em seu estudos da Torá, das ciências gregas e da filosofia, morreu quando ele tinha dezoito anos, e a família mudou-se para Toledo. Dois anos após a morte de seu pai, Avraham Abuláfia viajou para Terra Santa para organizar o movimento de busca e restauração da dez tribos perdidas. Para Abulafia, existiriam mais 10 tribos hebraicas que haviam se espalhado pelo mundo e são remanescentes das almas que receberam a Torá no monte Sinai, no tempo de Moshê (Moisés). Porém Abuláfia nunca chegou a passar da cidade de Akko, na costa da Palestina; as guerras entre maometanos e cristãos interfiriram com a sua expedição. De Akko ele viajou para a Grécia, onde encontrou sua esposa. Ficou na Grécia durante 10 anos até que se mudou para Cápua, Itália, onde fez um estudo cuidadoso dos ensinamentos do Guia para o Perplexo, de Maimônides, sob a tutela do médico e estudioso Hilel Ben Samuel de Verona.


Fonte