Mudanças entre as edições de "93"

De Ocultura
Ir para navegação Ir para pesquisar
(Khabs am Pekht: a Instrução)
 
(26 revisões intermediárias por 4 usuários não estão sendo mostradas)
Linha 1: Linha 1:
Noventa e três é a soma [[Gematria|gemátrica]] da palavra grega [[Thelema]] (Θελημα), que significa '''Vontade'''; e também de Ágape (Aγαπη), que significa '''Amor'''.
+
'''Noventa e três'''
  
 +
{{93}}
 +
É o valor [[Gematria|Gemátrico]] da palavra grega [[Thelema|Θελημα]] ([[Thelema]]), que significa '''[[Verdadeira Vontade|Vontade]]''' e também de [[Agape|Aγαπη]] (Agape), que significa '''Amor'''.
  
Thelemitas costumam cumprimentar-se com <b>"Faz o que tu queres há de ser tudo da Lei"</b>, e despedir-se com <b>"Amor é a lei, amor sob vontade"</b>. Segundo o [[Livro da Lei]], <b>"A palavra da Lei é Thelema"</b>, portanto podemos abreviar a frase para 93.
+
==Uso do "93" como saudação==
  
 +
Thelemitas costumam cumprimentar-se com <b>"Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei"</b>, e despedir-se com <b>"Amor é a lei, amor sob vontade"</b>. Segundo o [[Livro da Lei]], <b>"A palavra da Lei é Thelema"</b>, portanto podemos abreviar a frase para 93.
  
 
Então:
 
Então:
  
 +
'''93''' (Thelema = "Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei")
  
93! (Thelema)
+
'''93,93/93''' (Lei,Thelema/Agape - onde o 93 inicial simbolizaria Agape=Lei, ou '''Amor é a lei''', e a segunda parte Agape sob (i.e. abaixo de) vontade, ou "amor sob vontade")
("Faz o que tu queres há de ser tudo da Lei")
 
  
 
+
==Operação Guemátrica ==
93,93/93 (Thelema,Agape/Thelema - onde o 93 inicial simbolizaria Thelema=Agape ou '''amor é a lei''')
 
("Amor é a lei, amor sob vontade")
 
 
 
 
 
==Soma gemátrica ==
 
  
 
'''Θελημα '''(Thelema):
 
'''Θελημα '''(Thelema):
Linha 30: Linha 28:
  
  
'''Aγαπη''' (Ágape):
+
'''Aγαπη''' (Agape):
 
 
  
 
A (Alfa) — 1 <br>
 
A (Alfa) — 1 <br>
Linha 40: Linha 37:
  
 
1+3+1+80+8 = 93
 
1+3+1+80+8 = 93
 +
 +
==Khabs am Pekht: a Instrução==
 +
 +
:''“Todos aqueles que aceitaram a Lei deveriam proclamar o mesmo no trato diário. "Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei" deve ser a forma invariável de saudação. Estas palavras, especialmente, no caso de estranhos, devem ser pronunciadas em voz clara, firme e articulada, com os olhos francamente fixos no portador. Se o outro for dos nossos, deixe-o replicar "Amor é a lei , amor sob vontade" A última sentença também deve ser usada como a saudação de despedida. Ao escrever, sempre que a saudação seja usual, deveria ser como acima: aberta "Faze o que tu queres há de ser  tudo da Lei" e fechada "Amor é a lei, amor sob vontade" .”''
 +
 +
<p align='right'>'''Aleister Crowley'''</p>
 +
 +
[[Categoria:Termos Thelêmicos]]
 +
[[Categoria:Thelema]]
 +
[[Categoria:Cabala]]

Edição atual tal como às 20h11min de 8 de dezembro de 2017

Noventa e três

Thelema template.gif

Thelema
Termos & Conceitos
Livro da Lei
Números em Thelema
Aleister Crowley


Nuit | Hadit | Horus
Babalon | Chaos
Aiwass | Ankh-af-na-khonsu


93
Abrahadabra
Aeons
Agape
Ânsia de Resultado
AUMGN
Dizendo Vontade
Chefes Secretos
Choronzon
Cidade das Pirâmides
Corpo de Luz
Estela da Revelação
Grande Obra
Magick
Noite de Pan
Sagrado Anjo Guardião
Sagrados Livros de Thelema
Verdadeira Vontade

É o valor Gemátrico da palavra grega Θελημα (Thelema), que significa Vontade e também de Aγαπη (Agape), que significa Amor.

Uso do "93" como saudação

Thelemitas costumam cumprimentar-se com "Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei", e despedir-se com "Amor é a lei, amor sob vontade". Segundo o Livro da Lei, "A palavra da Lei é Thelema", portanto podemos abreviar a frase para 93.

Então:

93 (Thelema = "Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei")

93,93/93 (Lei,Thelema/Agape - onde o 93 inicial simbolizaria Agape=Lei, ou Amor é a lei, e a segunda parte Agape sob (i.e. abaixo de) vontade, ou "amor sob vontade")

Operação Guemátrica

Θελημα (Thelema):

Θ (Theta) - 9
ε (Epsilon) — 5
λ (Lambda) — 30
η (Eta) — 8
μ (Mu) — 40
α (Alfa) — 1

9+5+30+8+40+1 = 93


Aγαπη (Agape):

A (Alfa) — 1
γ (Gama) — 3
α (Alfa) — 1
π (Pi) — 80
η (Eta) — 8

1+3+1+80+8 = 93

Khabs am Pekht: a Instrução

“Todos aqueles que aceitaram a Lei deveriam proclamar o mesmo no trato diário. "Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei" deve ser a forma invariável de saudação. Estas palavras, especialmente, no caso de estranhos, devem ser pronunciadas em voz clara, firme e articulada, com os olhos francamente fixos no portador. Se o outro for dos nossos, deixe-o replicar "Amor é a lei , amor sob vontade" A última sentença também deve ser usada como a saudação de despedida. Ao escrever, sempre que a saudação seja usual, deveria ser como acima: aberta "Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei" e fechada "Amor é a lei, amor sob vontade" .”

Aleister Crowley