Profetas do Islão

De Ocultura
Ir para navegação Ir para pesquisar
Série

Islão
História do Islão

Cinco pilares

Profissão de fé
Oração · Tributo · Jejum
Peregrinação

Figuras centrais

Muhammad
Companheiros de Muhammad
Casa de Muhammad
Profetas do Islão

Textos e lei

Alcorão · Suna · Hadith
Biografias de Muhammad
Charia · Fatwa Jurisprudência

Ramos do Islão

Islão Sunita · Islão Xiita
Kharijitas

Cidades sagradas
Meca · Medina · Jerusalém

Najaf · Karbala · Qom Mashhad

Aspectos sócio-culturais

Arte · Arquitectura
Calendário · Ciência · Filosofia
Fundamentalismo Islâmico Jihad ·Sufismo

Ver também

Vocabulário do Islão
Cronologia do Islão
Índice de artigos sobre Islão

O Alcorão identifica uma série de homens como Profetas do Islão. Os muçulmanos acreditam que estes indivíduos receberam de Allah (Deus) a missão especial de orientar os seres humanos no caminho do monoteísmo e do bem. Muitos destes profetas são também referidos nos textos sagrados do Judaísmo e do Cristianismo.

O Islão distingue dois tipos de profeta: os que receberam de Deus a missão de dar a conhecer aos homens a vontade divina (anbiya; singular: nabi) e os que para além desta função lhes foi entregue uma escritura revelada (rusul; singular: rasul, "mensageiro"). Neste último tipo de profeta encontra-se, por exemplo, Musa (Moisés) que recebeu como escritura revelada a Torá.

Adam (Adão) foi o primeiro profeta; após a sua expulsão do Jardim do Éden Deus perdoou a sua falta, razão pela qual o Islão não aceita o conceito de pecado original. O penúltimo profeta foi Isa (Jesus), que os muçulmanos acreditam ter profetizado a vinda de Muhammad (Maomé). Os muçulmanos aceitam o nascimento de Isa a partir de uma virgem, mas não acreditam que ele tenha morrido na cruz; em vez disso outra pessoa morreu no seu lugar e Isa ascendeu ao céu.

Todos os profetas são humanos e não seres divinos. Os muçulmanos devem acreditar em todos eles, sem fazer qualquer tipo de distinção. Quando um muçulmano se refere ao nome de um profeta ele acrescenta "que a Paz e Bênção de Deus estejam sobre ele" em sinal de respeito.

Cinco profetas são alvo de particular reverência no Islão: Nuh (Noé), Ibrahim (Abraão), Musa (Moisés), Isa (Jesus) e Muhammad (Maomé), que foi o último profeta, sendo por isso conhecido como o Selo dos Profetas.

Profetas no Alcorão

Os seguintes vinte e cinco homens são apresentados como profetas no Alcorão; os seus nomes bíblicos em língua portuguesa encontram-se entre parênteses.

Profetas do Islão no Alcorão
Adão Idris Nuh Hud Saleh Ibrahim Lut Ismail Ishaq Yaqub Yusuf Ayub Mosque01.jpg
آدم ادريس نوح هود صالح ابراهيم لوط اسماعيل اسحاق يعقوب يوسف أيوب
Adão Enoque Noé Éber Selá Abraão Ismael Isaac Jacó José

Shoaib Musa Harun Dhul-Kifl Daud Sulayman Ilyas Al-Yasa Yunus Zacarias Yahya Isa Muhammad
شعيب موسى هارون ذو الكفل داود سليمان إلياس اليسع يونس زكريا يحيى عيسى محمد
Jetro Moisés Aarão Ezequiel David Salomão Elias Eliseu Jonas Zacarias João Batista Jesus Maomé