Notariqon

De Ocultura
Ir para navegação Ir para pesquisar
01-100.jpg

Este artigo é somente um esboço para um artigo maior.
Quer ajudar a Ocultura? Acrescente alguma informação!

A palavra Notariqon deriva-se do latim "Notarius", escrita resumida. Existem duas formas de Notaricon: na primeira forma, todas as letras de uma palavra qualquer torna-se a inicial ou abreviação de outra palavra, assim das letras de uma palavra, uma sentença será formada. Tomemos com exemplo a palavra BRAShITh, Berashith, a primeira palavra do Gênesis. Com ela formamos: BRAShITh RAH ALHIM ShIQBLV IShRAL ThVRH (Berashith Rahi Elohim Shyquebelo Israel Torah). "No princípio Elohim disse que Israel aceitaria a Lei". Este é o mesmo processo de um acróstico, por exemplo: a palavra "peixe" em grego ICHTHYS forma (I) esus (Ch) restos (Th) eos (Y)us (S) oter, "Jesus Cristo Filho de Deus Salvador". Aqui também temos o porque do peixe ter sido o símbolo original dos cristãos.

O Notaricon em sua fórmula é o reverso da primeira. Nesta fórmula as iniciais ou finais ou ambas ou as letras médias de uma sentença são tomadas para formar uma outra palavra ou palavras. Assim, a Cabalah chama-se ChKMh NSThRH, Chokmah Nestorah, "Sabedoria Secreta". Se utilizarmos as iniciais destas duas letras finais e iniciais das palavras MI IOLH LNV HShMIMH (Mi laulah Leno Há-Shamayimah (Que nos levará aos céus? - Deut. XXX,12) formamos MILH, Milah, "circuncisão" e IHVH, o Tetragrammaton aí inserido, implica que Deus ordenou circuncisão como um caminho para os céus.

Ver também

Referências