Mônada

De Ocultura
Ir para navegação Ir para pesquisar

O termo Mônada vem do grego Monas, da palavra μόνος, que significa uma "unidade", "individual"e "átomo". Uma unidade, algo não-divisível e que é concebido como real, em contradição compor coisas que (como compostos) não é real.

Na Filosofia

  • Monismo, a visão metafísica e teológica de que tudo é de uma essência e essa essência é algumas vezes chamadas mônada.
  • Monadologia, o livro de filosofia escrito por Gottfried Leibniz na qual mônadas são uma unidade básica de realidade percentual.
    • Monadologia Física por Immanuel Kant também trata desse tema.
  • No Hermetismo, (uma categoria de Textos populares mais Antigos que dizem conter uma sabedoria secreta) A Copa ou Mônada é um desses textos que compõem o Corpus Hermeticum.
  • Na Antiga Filosofia o termo pode se referir a:
    • Mônada (Epicurus), Epicurus descreveu "mônadas" como sendo a menor unidade da matéria, tal como a noção de átomo de Demócrito.
    • Mônada (Grego Antigo), para muitos outros, incluindo Pitágoras, Parmenides, Xenofanes, Platão, Aristótele e Plotinus, Mônada era um termo para descrever Deus ou o primeiro ser, ou a totalidade de todos os seres.
    • Mônada (Gnosticismo), o aspecto mais básico de Deus no Gnosticismo.

Referências

Veja também